Vivo lidera reclamações de clientes no Procon

A empresa de telecomunicações que lidera reclamações no Procon por conta dos serviços de má qualidade prestados é a Vivo. Em meio aos processos que tramitam no órgão que avalia a atuação das empresas está o uso irregular de fios que a operadora utiliza em postes no Estado de São Paulo.

De acordo com o presidente do Procon-SP, Fernando Capez, em vários casos a empresa em questão cobrou por serviços que não foram prestados pela operadora e disse ainda que em alguns casos os serviços cobrados já haviam sido pagos.

Contudo os pagamentos estavam sendo exigidos por serviços que não estavam sendo prestados pela operadora. Segundo relatos de consumidores, os serviços da empresa estavam sendo deixados para trás e não apresentavam soluções para os consumidores por meio do SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente), dentro do prazo estabelecido por lei, que é de cinco (5) dias úteis, segundo o órgão.

A multa referente aos serviços não prestado da empresa foi sentenciada no dia 17 de setembro deste mês. No entanto, a Vivo ainda pode recorrer do processo no âmbito administrativo já que o julgamento final será daqui a dois meses.

O presidente do Procon disse ainda que: “Se for de fato cobrada a multa, encaminharemos aos órgãos de proteção ao consumidor e, se não for pago, o valor entra na dívida ativa da empresa“, diz Capez. No entanto, as multas do órgão vem sendo mantidas pela Justiça em 90% dos casos.

Por meio de nota a Vivo disse que “possui 90% de resolutividade de reclamações preliminares junto à Fundação Procon SP”, e afirmou que entrará em contato com o órgão para que os processos sejam avaliados. “A Vivo avaliará, no prazo legal, o conteúdo do auto de infração e o competente recurso“, afirma a empresa.

24/09/2019