São José da Laje é a 1ª cidade do interior de AL a inaugurar Arquivo Público Municipal

O Arquivo Público de Alagoas (APA), órgão vinculado ao Gabinete Civil do Estado, ampliará neste sábado (27) seus tentáculos culturais e históricos a outro município do Estado, potencializando o projeto de interiorização de Arquivos Públicos Municipais.  O Município de São José da Laje se tornará o primeiro do interior alagoano a implantar o guardião da historia de seu povo: o Arquivo Público Municipal. O evento ocorrerá às 16h, na Praça Padre Cícero, no centro, e contará com autoridades e personalidades.

O momento histórico foi possível graças ao esforço da prefeitura da cidade e à parceria com o APA, responsável por fazer a consultoria para a implantação, orientação em relação às tratativas e os processos técnicos necessários de recuperação e conservação de documentos históricos, pesquisa de dados, entre outros serviços.

O secretário do Gabinete Civil, Fábio Farias, destaca o momento histórico para o povo lajense. “Em nome do governador Renan Filho, parabenizamos e estamos muito felizes com essa inauguração. É motivo de muito orgulho para nosso Estado. É uma alegria para o APA, órgão do Gabinete Civil, ter participado da consultoria técnica. Dessa forma, parabenizo a prefeitura, todos os secretários e ao povo de São da Laje, que eterniza a sua história. Que este exemplo sirva de incentivo a outros municípios do Estado, para que o povo tenha sua memória preservada com a implantação de um Arquivo Público Municipal, que é o guardião da memória”, ressaltou Farias.

São José da Laje fica na microrregião serrana dos Quilombos alagoanos e é conhecida como a Princesa da Fronteira. Sua atmosfera de ar límpido das serras e matas não só distribui ar puro aos nativos e turistas que a visitam. Distribui — e também respira — muita história, uma vez que vários nomes de destaque na sociedade alagoana nasceram na “Laje”, como é carinhosamente chamada por seus nativos.

“São José da Laje imprime na história um marco, que é a inauguração  do primeiro Arquivo Público no interior do Estado. A população lajense está de parabéns porque o apoio da prefeitura ratifica a importância dada às origens, aos valores históricos e documentais deste município”, disse superintendente do Arquivo Público de Alagoas, Wilma Nóbrega. A gestora representou o Governo do Estado no evento e nas tratativas para implantar o equipamento cultural na cidade.

A superintendente foi a responsável pela assessoria técnica quanto às diretrizes para instalação desse importante equipamento público, desde o monitoramento do espaço físico, dos materiais, recursos humanos, além da coleta de documentos junto aos órgãos do município, disponibilização de treinamento quanto à organização técnica, de acordo com as normas arquivísticas e de preservação, conservação e guarda dos acervos em seus mais variados suportes.

Outros municípios, além da capital e São José da Laje, já têm formalmente projetos próprios de Arquivos Públicos Municipais, criados por meio da consultoria técnica através do APA, com a cidade de Ibateguara e Coruripe.

Um instrumento do povo

O futuro Arquivo Público Municipal está localizado em uma área nobre da cidade, na Praça Padre Cícero. São José da Laje é conhecido por ser uma cidade de figuras ilustres. São poetas, artistas, músicos, imortais do Instituto Histórico Geográfico de Alagoas (IHGAL).

“O Arquivo Público Municipal será aberto aos lajenses, para visitas, pesquisas de alunos das escolas estaduais e municipais, porque vai resgatar diversos documentos relevantes para a história da cidade. Teremos nossa história resgatada por meio de fotos, documentos, documentários, vídeos, reportagens, jornal, histórias das quatro grandes enchentes de1914, 1941, 1969, 2010, galeria com fotos de todos os prefeitos, histórias das famílias que prestaram serviços à cidade, enfim, toda a história do povo lajense,” completa a secretária de Cultura e Turismo, Jacineide Maia.

Ascom – 27/07/2019