Redução do número de assaltos a ônibus em Maceió ganha destaque nacional

As ações desenvolvidas pela Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL) têm ganhado cada vez mais destaque nacional, como mostra o levantamento realizado pela Associação Nacional de Transportes Urbanos (NTU) sobre assaltos a ônibus urbanos. Segundo o levantamento, a redução do número de assaltos em Maceió foi expressiva e as ações adotadas pela SSP foram importantes para essa diminuição.

O levantamento mostra que Alagoas vem na contramão do restante do país, priorizando a Segurança Pública, apesar da crise nacional, já que esse tipo de crime cresce no resto do Brasil. Em 2016, os assaltos a quatro empresas que operam em Maceió totalizaram 1.109 ocorrências — uma média de 92 assaltos por mês. Em 2017, o número caiu quase à metade, para 507 ocorrências. Já em 2018, a redução foi ainda mais perceptível, para 325 — uma queda acumulada de 82% no número de assaltos.

Dados apresentados nesta semana pela SSP mostram que a redução continua em 2019. Segundo levantamento do Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac), no primeiro trimestre deste ano, houve uma diminuição de 70%, em comparação ao mesmo período do ano passado. Com isso, utilizar o transporte coletivo em Maceió tem se tornado uma ação cotidiana cada vez mais segura.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Lima Júnior, destacou a importância do resultado. “Nós nos tornamos exemplo para os outros estados do Brasil, que buscam saber como conseguimos uma redução tão expressiva. Já chegamos a ter uma média de 120 assaltos por mês e encerramos agora o primeiro trimestre deste ano com 31 assaltos. É muito importante a integração das forças policiais aos setores envolvidos com o transporte público, precisamos ter essa consciência de parceria para dar segurança a quem mais precisa do Estado”, afirmou.

Em entrevista à revista NTUrbano, o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros (Sinturb), Guilherme Borges de Oliveira, explicou como tem funcionado o trabalho em conjunto.

“Nós conseguimos uma ótima parceria com a Secretaria de Segurança Pública. Atualmente, temos encontros mensais com a cúpula de segurança de Alagoas. Nessas reuniões, levamos os dados registrados pelas empresas, como os bairros de maior incidência de assaltos e as linhas, bem como a hora que são mais recorrentes. Com essas informações, a Polícia Militar realiza abordagens, trazendo sensação de segurança para o passageiro rodoviário e coibindo uma possível ação criminosa. Os veículos são equipados com câmeras de videomonitoramento, e as imagens são enviadas à Polícia Civil para investigação, o que já resultou em prisões de quadrilhas especializadas em roubos a ônibus”, disse.

Ascom – 10/04/2019