Idosa de 92 anos morre após ser estuprada por pintor que tinha trabalhado em sua casa

Uma mulher encontrou sua mãe, de 92 anos, caída no chão, espancada e com sinais de estupro, quando foi visitá-la neste domingo, no município Nobres (MT), a 124 quilômetros de Cuiabá. Maria Barbosa dos Santos chegou a ser socorrida e levada, em estado grave, para o Hospital e Maternidade Laura de Vicuna, mas morreu na manhã desta segunda-feira.

Na delegacia da cidade, uma testemunha relatou que o suspeito, identificado como Alexandro Antunes de Oliveira da Silva, de 29 anos, tinha feito um trabalho de pintura na casa da vítima havia poucos dias. Segundo informações de agentes da Polícia Civil, ele não demonstrou qualquer arrependimento, mostrando-se uma pessoa bastante fria, informa o Extra.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência e, na casa da vítima, no bairro Jardim Paraná, encontrou o chinelo do suspeito. Durante diligências nas proximidades, localizaram o suspeito, que estava descalço.

Segundo a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, os chinelos apreendidos serviram nos pés dele. Além disso, o homem estava usando uma tornozeleira eletrônica quando foi detido. Ele já possui passagens pela polícia por furto e roubo. Alexandro responderá pelos crimes de estupro e homicídio.

18/03/2019