Empresa dos rejuvenecimento vende litro de sangue de jovens por R$ 30 mil

Vampiros modernos não têm dentes afiados, não usam capa preta e não precisam ter medo de alho, luz do sol e crucifixo. Muito menos precisam se parecer com personagens da saga “Crepúsculo”. Podem continuar tendo a mesma vida de sempre. Mas terão que abrir o bolso. Para viver como Dráculas, muitos estão aceitando pagar o equivalente a R$ 30 mil. Este o valor que a empresa Ambrosia Health cobra pelo litro de sangue de jovens, entre 16 e 25 anos.

Baseada na Flórida, a startup Ambrosia já atua em cinco cidades dos EUA: Los Angeles, Tampa, Omaha, Houston e São Francisco. Ela oferece um “cast” de doadores para que adultos, geralmente entre 35 e 92 anos, possam renovar o sangue com transfusões, de acordo com reportagem do “Business Insider”. A idade média dos clientes: 60 anos, informa o Extra.

O plasma, considerado uma fonte da juventude, teria propriedades que combatem o envelhecimento.

A Ambrosia faz até uma promoção: dois litros saem por R$ 45 mil. Para Jesse Karmazin, cofundador da empresa em 2016, o sangue é o novo grande “medicamento” a ser aprovado pelo governo dos EUA.

Dois pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Berkeley, entretanto, descreveram o serviço prestado pela Ambrosia como “perigoso”.

“É bem conhecido na medicina que 50% dos pacientes apresentam efeitos colaterais bem ruins”, disse a cientista Irina Conboy.

19/01/2019