Defensoria Pública participa de Mutirão do Júri em Maceió

A Defensoria Pública do Estado participou, hoje, do primeiro dos três mutirões de julgamentos promovidos pelo Poder Judiciário de Alagoas para o Mês Nacional do Júri, em Maceió. Dos 13 processos pautados pelo Tribunal de Justiça para o evento, onze contaram com a participação de defensores públicos, que atuaram na defesa dos réus.
A ação aconteceu no Centro Universitário Cesmac e na Faculdade Seune, ambos situados no bairro Farol. Os processos julgados, pertencentes às 7ª, 8ª e 9ª varas criminais, são referentes à crimes dolosos contra a vida.
Até o começo desta tarde, a instituição conseguiu a absolvição de dois réus e a desclassificação das qualificadoras em outros dois casos.
Ao todo, 11 defensores públicos foram designados para o evento. Foram eles os defensores públicos Arthur César Loureiro, Andrea Tonin, Daniela Melo, Daniela Santos, Gustavo Paes, Lidiane Monteiro, Marcelo Arantes, Marcos Freire, Ricardo Ferreira de Sá, Roberta Bortolami, Ryldson Ferreira.
Mais dois mutirões estão programados para os dias 21 e 27 de novembro, quando mais 30 júris populares deverão ser realizados nas faculdades, quando a Defensoria Pública atuará em 24 deles.
O Mês do Júri é uma ação promovida anualmente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com o intuito de dar resolução a processos mais antigos, dar celeridade a justiça e garantir que as metas da Estratégia Nacional de Segurança Pública (Enasp) sejam cumpridas. Em Alagoas, foram pautados 133 processos. Destes,  aproximadamente 90 contarão com defensores públicos.
Ascom – 13/11/2017