Caso Bárbara: Otávio Cardoso é interrogado pela Polícia Civil

A Polícia Civil de Alagoas (PC) ouviu, na tarde desta quarta-feira (11), Otávio Cardoso Neto, que estava foragido desde 2012, suspeito de ter envolvimento no desaparecimento da jovem Bárbara Regina, dando prosseguimento às investigações.

O depoimento foi prestado na sede da Delegacia Geral da PC, no bairro de Jacarecica , aos delegados Fábio Costa, coordenador da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) e Eduardo Mero, integrante da equipe da especializada.

Após o depoimento, os delegados falaram com a imprensa, e relataram que Otávio negou ter matado Bárbara, mas confirmou que esteve com ela na Boate e em seguida deu carona a pedido dela, deixando-a na orla da Capital.

O delegado coordenador da Homicídios foi enfático ao dizer que Otávio não soube explicar diversas perguntas, entrando em contradição, e que as versões apresentadas por ele serão apuradas com maior profundidade nesta fase das investigações.

Ascom – 11/10/2017